Dead to Me consegue manter público vidrado em sua segunda temporada


Após uma primeira temporada incrível, era imprevisível o que a segunda temporada de Dead to Me nos traria. A verdade é que série voltou ainda mais encantadora em sua segunda temporada, desenvolvendo muito bem a amizade de Jen Judy e todo o caos que as mantém unida.
Um dos pontos altos da temporada de estreia, a relação das duas personagens continua sendo muito boa de assistir. Misturando drama e comédia, os roteiristas conseguiram trazer novamente tudo o que conquistou o público no ano passado e fazendo tudo se tornar ainda mais interessante.
Ligadas por um crime, é interessante ver como as duas protagonistas tentam lidar com a dor de perder quem ama. Judy, é aquela personagem que não conseguimos odiar de jeito nenhum. Uma mulher sofrida que tem que lidar com a morte do homem que ama por se sentir culpada pelo que fez com o esposo da amiga.
Enquanto Jen está cada vez mais perdida, tentando lidar com a culpa de esconder um assassinato e ao mesmo tempo lidar com os filhos. Inclusive, Charlie foi responsável por grandes momentos da temporada, afinal, é um adolescente e a irresponsabilidade dele fez com que a mãe ficasse em apuros.
A série ainda não foi renovada, mas é querida por muitos e ficou um plot para um possível terceiro ano. E sinceramente? Eu quero muito ver como vão lidar com o corpo sendo descoberto e tudo o que pode acontecer posteriormente a isso.

Nenhum comentário