depois daquela NOITE | capítulo 11



CENA 1 - INT. / CASA DOS MOTTA/SALA DE ESTAR - NOITE.


Ao som de "The Story - Conan Gray", vimos Nádia com um sangramento desmaiada no meio da sala de estar. Pouco antes de conseguir pegar seu celular para pedir ajuda. Segundos depois, Caio entra pela porta com pressa.

CAIO nervoso: Eu não posso deixar isso pra depois. Nós precisamos conversar!

Nádia não responde. Ele vai direto para o quarto, mas ela não está. Ele vê a marca de sangue no chão e se desespera. Ele corre para a sala, e se depara com a esposa desacordada. Rápido, ele a pega no colo e corre para leva-la ao carro. CORTA PARA:

CENA 2 - EXT. / PRAÇA - NOITE.

Tereza está dançando enquanto Matheus e Tadeu estão sentados bebendo e conversando.

MATHEUS: Todas as festas acontecem nessa praça?

TADEU ri: A maioria!

MATHEUS: É engraçado como as coisas aqui são diferentes.

TADEU: Diferentes como?

MATHEUS: Eu venho de uma cidade grande, e que é difícil a gente andar na rua sozinho, quem dirá fazer uma festa.

TADEU: Mas não esquece que aqui não é cem por cento seguro, e você é a prova disso.

MATHEUS: Sim, entendo. Mas eu falo pelas pessoas também! É tudo diferente!

TADEU: E por qual motivo você resolveu vir pra cá? Você nunca comentou sobre isso!

Matheus fica incomodado com a pergunta, mas tenta disfarçar. Nesse momento, Mariana chega e interrompe a conversa.

MARIANA animada: Sentiram a minha falta?

MATHEUS: Pensei que você nem vinha mais! O que aconteceu?

MARIANA dando uma voltinha: Resolvi trocar todo o meu look!

Nesse momento, começa a tocar "Menina Solta - Giulia Be", e Tereza já meio alterada vai até eles.

TEREZA: Aonde é que você andou? Vamos dançar essa música comigo, vem!

Mariana vai dançar com Tereza, e Matheus fica olhando Tereza.

TADEU: Você sente algo por ela?

MATHEUS disfarça: O que?

TADEU: Não adianta disfarçar. Todo mundo pode ver o jeito que você olha para ela.

MATHEUS: Não, você tá doido. Eu nunca faria nada para magoar a Mari. Jamais!

TADEU: Não foi isso que eu perguntei, mas isso meio que responde a minha pergunta. 

Os dois voltam a beber. CORTA PARA:

CENA 3 - INT. / HOSPITAL/RECEPÇÃO - NOITE.

Caio entra com Nádia desacordada em seu colo.

CAIO: Eu preciso de ajuda aqui, ela está grávida! Por favor!

Uma das enfermeiras vai até ele com uma cadeira de rodas.

CAIO muito nervoso: Eu cheguei em casa e ela estava desacordada. Eu não sei o que aconteceu, só sei que ela está assim faz uns vinte minutos.

ENFERMEIRA: Eu preciso que você fique calmo. Eu assumo daqui!

A enfermeira leva Nádia, e Caio vai até a recepção. CORTA PARA:

CENA 4 - EXT. / PRAÇA - NOITE.

Tereza está dançando com Mariana, mas está muito bêbada. 

MARIANA tira o copo da mão de Tereza: Você não acha que está passando dos limites?

TEREZA irritada: E desde quando existe limites? 

MARIANA: Aconteceu algo para você estar assim?

TEREZA irritada: Você está chata e nem por isso te perguntei se aconteceu alguma coisa para estar assim. 

MARIANA: Quer saber? Dance sozinha.

Mariana sai e deixa Tereza sozinha. CORTA PARA:

CENA 5 - EXT. / PRAÇA - NOITE.

Mariana senta ao lado de Matheus e Tadeu, e pouco tempo depois Juliano chega com Caroline.

TADEU surpreso: Olha quem resolver dar as caras. Como é que você está?

CAROLINE: Estou levando. E você?

TADEU: Estou bem. Ou seja, você também vai ficar.

JULIANO: A Tereza?

MATHEUS aponta para ela: Serve aquela?

JULIANO: Enquanto ela se diverte vocês ficam aqui sentados? O que é isso?

MATHEUS: Eu não gosto muito de dançar.

TADEU: Eu nunca gostei, e agora tenho o Matheus para me fazer companhia.

JULIANO: E você Mari?

MARIANA: Me irritei com a amiga de vocês. Acho que vou pra casa!

JULIANO: Como assim?

MARIANA: Sem clima, outra hora a gente se fala. Você vai ficar Matheus?

MATHEUS: Vou sim!

MARIANA beija o primo: Se cuida, por favor!

MATHEUS: Pode deixar!

Mariana sai, e em sua direção vem Renato chegando na festa.

JULIANO aponta para Renato: Vocês conhecem aquele garoto?

TADEU: Eu não.

CAROLINE: Nunca nem vi.

MATHEUS: Eu muito menos. Porque?

JULIANO: Parece que eu já o vi em algum lugar, mas enfim, vamos dançar!

Juliano pega Matheus pelas mãos e o leva pra pista de dança meio que a força. Tadeu vai logo atrás. Caroline também se junta a eles que se juntam à Tereza. CORTA PARA:

CENA 6 - EXT. / PRAÇA - NOITE.

Renato está fumando um cigarro, afastado do pessoal, e bebendo. De longe, Juliano lhe observa até conseguir se aproximar.

JULIANO: Você tem um cigarro?

RENATO: Tenho sim!

JULIANO pega o cigarro e acende: Eu te conheço de algum lugar!

RENATO ri: Acho que não.

JULIANO o encara: Você faz algum curso na faculdade?

RENATO: Não, sou novo na cidade! Não tem como você me conhecer.

JULIANO: Novo na cidade? Então o que você acha de eu lhe apresentar a turma?

RENATO: Melhor não! Eu já estou indo embora.

JULIANO: Não precisa ficar retraído, se quiser a gente pode ir pra outro lugar.

RENATO ri: Outro lugar?

Juliano sai e Renato vai atrás dele. CORTA PARA:

CENA 7 - INT. / HOSPITAL/RECEPÇÃO - NOITE.

Caio já está sem paciência quando o médico chega.

MÉDICO: Você é o esposo de Nádia?

CAIO: Sim! Tem alguma novidade doutor? Como ela está?

MÉDICO: Ela quer falar com você. 

CAIO: Quer?

MÉDICO: Me acompanhe!

Caio vai até o quarto de Nádia, que está com um curativo na cabeça.

CAIO emocionado: Oi!

Nádia o encara. CORTA PARA:

CENA 8 - EXT. / PRAÇA - NOITE.

Tereza está dançando quando se senta ao lado de Matheus.

TEREZA: Aonde está todo mundo?

MATHEUS: Aonde você acha? No décimo sono neste momento.

TEREZA: E o que você está fazendo aqui?

MATHEUS: Eu prometi para o Tadeu que não ia te deixar sozinha, mas ele não aguentava mais. Foi embora!

TEREZA: Eu já sou bem grandinha, não preciso de babá.

MATHEUS: Se você é bem grandinha, então sabe que já está na hora de ir embora.

TEREZA: Eu vou pra casa a hora que eu quiser. Todo mundo resolveu pegar no meu pé hoje?

MATHEUS: Está armando um temporal, tem duas pessoas além de nós na festa. Você não acha que já deu? 

Neste momento, começa a trovoar. 

TEREZA irritada: Eita boquinha santa. Se você é de açúcar, pode ir embora. Eu não pedi pra ficar!

MATHEUS: Você é irritante! Eu realmente não sei como eles te aguentam!

Não demora muito, começa a chover muito forte.

MATHEUS irritado: Não acredito! Vamos embora!

TEREZA ri: Agora vamos!

MATHEUS: Você faz de propósito pra me irritar né?

TEREZA ri: O que você acha?

CENA 9 - EXT. / RUA/FRENTE DO APARTAMENTO DOS CORREA - NOITE.

Renato deixa Juliano no portão.

RENATO: Muito obrigado pela companhia! 

JULIANO: Tem certeza que não quer entrar? Você já está encharcado!

RENATO: Eu preciso ir embora! Boa noite!

JULIANO: Eu nem sei o seu nome.

RENATO: É melhor assim.

Renato vai embora. CORTA PARA:

CENA 10 - EXT. / RUA/FRENTE DO CONDOMÍNIO DE TEREZA - NOITE.

Matheus e Tereza chegam no apartamento.

MATHEUS: Está entregue!

TEREZA: Você não vai entrar?

MATHEUS: Não, preciso ir embora!

TEREZA: Está chovendo muito!

MATHEUS irritado: Sério?

TEREZA: Eu sei que você está puto comigo, mas eu não pedi pra você ficar me esperando.

MATHEUS irritado: Tchau!

Neste momento, Tereza vomita no meio da rua. 

MATHEUS ri: Parece que os trezentos copos fizeram efeito. Você não queria ficar mais um pouquinho?

TEREZA irritada: Você está adorando me ver assim né?

MATHEUS: Não! Eu queria mesmo era estar no quentinho da minha cama. Vem, vou ajudar você!

Tereza se apoia em Matheus, e os dois entram. Ele chama o elevador, e os dois entram. Em determinado momento, os olhos se encontram e a música "Dúvida - Vitor Kley ft. Jão" começa a tocar. Ao perceber o clima, Matheus desvia o olhar e Tereza também.

MATHEUS: Você está bem?

TEREZA: Vou ficar quando chegar em casa.

Nesse momento, a luz cai e o elevador apaga.

MATHEUS nervoso: Não acredito! Como eu aciono o síndico? 

TEREZA: Você viu algum sindico lá embaixo? Com a chuva faltou energia!

MATHEUS: E o que a gente faz?

TEREZA: Espera!

MATHEUS: Aqui?

TEREZA: Se você conseguir sair, me avisa!

Matheus senta irritado. CORTA PARA:

FIM DO CAPÍTULO 11


Nenhum comentário