depois daquela NOITE | capítulo 3


CENA 1 – EXT. / ESTACIONAMENTO DA UNIVERSIDADE – DIA.
Caio sorri para Juliano e Tereza, entrando na universidade logo em seguida.
TEREZA surpresa: O que deu nele?
JULIANO: O que foi?
TEREZA: Ele nunca me cumprimentou fora da sala de aula.
JULIANO: Vai ver acordou de bom humor. Podemos ir?
Juliano vai em direção ao carro. CORTA PARA:
CENA 2 – INT. / RESIDÊNCIA DA FAMÍLIA NUNES/QUARTO DE FLÁVIA – DIA.
Flávia está deitada na cama quando Caroline bate na porta e entra.
CAROLINE: Mãe?
FLÁVIA: Oi filha.
CAROLINE: Estou indo trabalhar. Você não vai?
FLÁVIA: Avisei no escritório que não estou bem. Vou ficar em casa hoje!
CAROLINE: Quer que eu fique com você?
FLÁVIA: Não precisa. Vou ficar bem, qualquer coisa te ligo!
CAROLINE beija a testa de Flávia e: Fica bem! Te amo!
Caroline sai e Flávia se senta na cama. A música “De Tanto Amor – Daniela Mercury” começa a tocar. Flávia se olha no espelho que tem de frente pra cama e chora ao ver sua imagem. CORTA PARA:
CENA 3 – INT. / APARTAMENTO DE TEREZA/SALA DE ESTAR – DIA.
Tereza abre uma cerveja enquanto Juliano, sentado no sofá, mexe no celular.
TEREZA: Agora você pode me contar!
JULIANO surpreso: Do que você está falando?
TEREZA: Você não para de mexer no celular e está estranho desde aquela festa. O que rolou?
JULIANO: Quando você coloca algo na cabeça, não tem quem tire né?
TEREZA: Você não me conheceu ontem pra não saber disso.
JULIANO: Não aconteceu nada!
Neste momento, Juliano recebe uma mensagem no aplicativo.
38ATV: Quando vamos nos ver novamente?
JULIANO responde: Não vai rolar.
38ATV: O que aconteceu?
JULIANO responde: Quer que eu cite pelo menos 5 motivos para eu não querer repetir o mesmo erro? Não insiste.
38ATV: Nos vemos amanhã na aula.
Juliano não esconde sua irritação e excitação.
TEREZA oferecendo a bebida pra ele: Quer um gole? Acho que está precisando!
JULIANO aceita a cerveja: Preciso ir pra casa!
TEREZA: O que você vai fazer em casa?
JULIANO: Tenho alguns trabalhos pra terminar e não quero fazer tudo correndo depois. A gente se fala!
Juliano pega suas coisas, se despede de Tereza e sai. Tereza fica pensativa. CORTA PARA:
CENA 4 – INT. / RESIDÊNCIA DOS NASCIMENTO/QUARTO DE TADEU – DIA.
Tadeu está jogando vídeo-game quando Wilma o chama.
WILMA: Tadeu, tem um amigo seu aqui querendo falar com você.
TADEU fala alto para Wilma ouvir: Pode deixar subir!
Pouco tempo depois, Matheus chega no quarto e os dois se cumprimentam.
TADEU: Pode sentar, fica à vontade! Vou terminar essa partida e já vou te colocar!
MATHEUS: Nem acredito que achei alguém que curta esse jogo!
TADEU muito animado: Está brincando? Nenhum dos meus amigos gostam! Você caiu do céu!
Os dois começam a conversar. CORTA PARA:
CENA 5 – EXT. / APARTAMENTO DE TEREZA/QUARTO – NOITE.
Após sair do banho, Tereza termina de colocar a roupa quando alguém bate na porta.
TEREZA grita: Já vai!
Tereza vai até a porta, por tanto, se espanta ao abri-la. Manuela, uma garota na faixa dos 25 anos.
TEREZA surpresa: Manuela?
MANUELA:Eu não sabia se deveria vir, mas arrisquei.
TEREZA: O que você está fazendo aqui?
MANUELA: Você vai me convidar para entrar?
TEREZA: Você vai me explicar o motivo de bater aqui como se nada tivesse acontecido?
MANUELA diz com o choro preso: Eu sei que fui uma babaca, mas eu sinto muito a falta de vocês.
TEREZA: Levou um pé na bunda?
MANUELA chora: Ele me chutou como se eu fosse nada! Eu estou morando com dois amigos aqui perto, mas você não sabe como eu senti sua falta…
TEREZA ri: Você sabe o quanto magoou o Tadeu? Você sabe o quanto me magoou? Você foi embora e nem se despediu dos seus amigos. Você foi embora e abandonou um relacionamento de seis anos sem ao menos dar uma explicação. Você acha que tem lugar pra você aqui? Você acha que pode voltar como se nada tivesse acontecido?
MANUELA chora: Você não pode fazer isso comigo!
TEREZA: Eu não sou uma pessoa ruim, mas também não posso ser hipócrita de te abraçar e fingir que está tudo lindo. Pode ir embora!
MANUELA chora: O que eu posso fazer pra mudar essa situação?
TEREZA: Volta no tempo e não seja uma babaca.
Tereza fecha a porta na cara de Manuela. CORTA PARA:
CENA 6 – INT. / CASA DOS PEREIRA/QUARTO DE MARIANA – NOITE.
Mariana está estudando quando Matheus aparece em sua porta.
MARIANA: Aonde você foi?
MATHEUS: Passei o dia na casa do Tadeu.
MARIANA surpresa: No Tadeu?
MATHEUS: Ele é um cara legal. Jogamos a tarde toda!
MARIANA: Não é bom você ficar saindo sem mim.
MATHEUS: Acho que eu sou bem grandinho né?
MARIANA: Meus pais se preocupam com você.
MATHEUS: Eu estou bem. Fique tranquila! Agora vou dormir, descansar um pouco.
MARIANA: E eu vou voltar para os livros. Boa noite!
MATHEUS: Boa noite prima!
MARIANA chama Matheus antes de ele sair: Ei, ela estava lá?
MATHEUS ri: Tereza?
MARIANA: Sim!
MATHEUS: Não estava!
MARIANA: Ah sim! Boa noite!
Matheus vai para o quarto e Mariana volta a estudar. CORTA PARA:
CENA 7 – INT. / APARTAMENTO DOS CORREA/QUARTO DE JULIANO – NOITE.
Juliano sai do banho de toalha e seu celular toca.
JULIANO atende: Alô?
CAIO responde: Vem aqui na esquina de sua casa. Preciso falar com você!
JULIANO responde: Não vou até você!
CAIO responde: É urgente! Prometo! Dez minutos!
Caio desliga sem deixar Juliano falar. CORTA PARA:
CENA 8 – EXT. / RUA/CARRO DE CAIO – NOITE.
Juliano cuida para ninguém vê-lo na rua e entra no carro.
JULIANO irritado: O que você quer?
CAIO: Entender o motivo de você estar me evitando.
JULIANO irritado: Você é casado! Você quer motivo maior que esse?
CAIO: É complicado! Não posso terminar um casamento de quase dez anos de um dia para o outro.
JULIANO ri: Eu não estou te pedindo isso!
CAIO: Está me pedindo para me afastar.
JULIANO: Eu não estou te entendendo. O que está rolando aqui?
CAIO acaricia a perna de Juliano: Uma vez eu vi você com um colega nos fundos da faculdade. Lembro de vocês conversando e ele dizendo que ter baixado o aplicativo tinha sido a melhor coisa da vida dele. Depois vi vocês se pegando, juntos… eu sempre tive medo de me relacionar com outro homem, mas você reascendeu o desejo que eu tinha deixado adormecido desde moleque.
JULIANO: Isso é insano!
CAIO coloca a mão de Juliano em sua perna: Eu sempre notei você me olhando. Você não precisa se fazer de difícil.
JULIANO: Você é um enrustido e covarde, sinto falar isso. Pra mim não rola!
CAIO: Então você quer ir embora?
JULIANO pensa por uns segundos: Quero!
CAIO coloca a mão de Juliano mais em cima: Tem certeza?
Nesse momento, Juliano cede e beija Caio. CORTA PARA:
FIM DO CAPÍTULO 03

Nenhum comentário