depois daquela NOITE | capítulo 4


CENA 1 – INT. / APARTAMENTO DE TEREZA/SALA DE ESTAR – NOITE.
Tereza está escutando a música “Menina Solta – Giulia Be” enquanto limpa a casa. Ela recebe uma notificação no celular de Tadeu dizendo que está na porta.
TEREZA abre a porta: Até que enfim!
TADEU cansado e preocupado: O que você tem pra me falar de tão importante que não podia ser pelo celular?
TEREZA: Se senta!
TADEU irritado: Para de palhaçada e fala logo.
TEREZA nervosa: Eu estou mandando você sentar!
TADEU irritado, se senta: Que saco!
TEREZA: Adivinha quem bateu aqui na minha porta hoje.
TADEU pensativo: Não faço ideia.
TEREZA: Manuela!
TADEU muda o semblante na hora: Não brinca comigo.
TEREZA: Estou falando sério!
TADEU: O que ela queria?
TEREZA: Pedir perdão. Levou um pé!
TADEU: Ela perguntou por mim?
TEREZA irritada: Eu te chamei aqui para contar a novidade e comemorar o pé que ela levou. Que porra é essa você querendo saber se ela perguntou por você? Você é idiota?
TADEU nervoso: Qual é o teu problema?
TEREZA: O meu problema é que eu não tenho paciência pra gente idiota.
TADEU: Eu sou apaixonado por aquela garota e eu não sei o que fazer para esquece-la.
TEREZA se aproxima do amigo e bate em seu rosto de leve: Ei, você precisa acordar! Ela só voltou pois levou um pé na bunda. Ela te deixou depois de anos e não foi capaz nem de te mandar uma mensagem. Você lembra que ficou meses sem sair de casa? Você lembra do quanto sofreu?
TADEU: Eu ainda sofro!
TEREZA: Você ainda sofre, mas está começando a reagir. Essa notícia que eu te dei não é boa. Ela voltar não é pra você comemorar. Entendeu?
TADEU: Entendi.
TEREZA: Você entendeu mesmo?
TADEU: Entendi.
TEREZA pega a vassoura novamente: Então estamos conversados. Agora pode pegar a outra vassoura e me ajudar na faxina.
Tadeu sorri e vai ajudar a amiga. CORTA PARA:
CENA 2 – EXT. / RUA/CARRO – NOITE.
Juliano termina de colocar a calça.
JULIANO: Isso não pode mais acontecer. Você precisa parar de me procurar!
CAIO: Qual é o problema?
JULIANO: O problema é que eu não quero me envolver com um homem casado. E para piorar, você é meu professor, assim como a tua mulher é minha professora.
CAIO acaricia o rosto de Juliano: E se eu disser que estou apaixonado por você?
JULIANO ri: Você acha que eu sou idiota? Você acha que por eu ser mais novo você tem domínio sobre mim? Você acha mesmo que eu acreditei naquele papo de que antes de mim você só tinha tido relação com outro homem na adolescência?
CAIO: Vocês jovens ou são iludidos demais ou acham que conhecem de tudo né? Eu estou sendo sincero com você.
JULIANO: Sincero? A gente não teve nada mais que duas fodas na rua pois a sua mulher te espera em casa. Eu não sei de tudo, mas sei que isso aqui não é amor. É tesão.
CAIO: Na minha época era tudo diferente…
JULIANO: E o que te impede de viver a vida que quiser hoje? Ninguém está preso com ninguém.
CAIO: Você nunca vai entender.
JULIANO: E você nunca vai me entender.
Caio tenta beijar Juliano que se esquiva.
CAIO: Você não vai se despedir de mim?
JULIANO saindo do carro: Eu saindo de cima de você não foi uma despedida?
Juliano volta para casa e deixa Caio sozinho. Nesse instante, Caio recebe uma mensagem de Nádia.
NÁDIA digita: Aonde você está? Estou te esperando!
CAIO responde: Estou chegando!
Ele liga o carro e sai. CORTA PARA:
CENA 3 – EXT. / RUA/FRENTE DA CASA DE MICROCRÉDITO – NOITE.
Leonardo espera Caroline enquanto ela fecha a loja. Ela chega e lhe cumprimenta com um beijo.
CAROLINE: Desculpa a demora! Precisei ficar até mais tarde hoje.
LEONARDO: Sem problemas. Como você está? E a sua mãe?
CAROLINE: Eu não faço ideia de como ela esteja, mas eu estou com muita raiva.
LEONARDO: Quer conversar?
CAROLINE: Não quero, só quero ir pra casa!
LEONARDO: A Tereza e o Tadeu jogaram no grupo que pediram uma pizza… Quer ir lá para espairecer?
CAROLINE irritada: Eu só quero ir embora. Consegue entender?
LEONARDO: Desculpa.
CAROLINE: Me desculpa eu. É muita coisa na minha cabeça… você pode ir!
LEONARDO: Claro que não! Eu quero ficar com você!
Leonardo liga o carro e sai. CORTA PARA:
CENA 4 – INT. / APARTAMENTO DE TEREZA/SALA DE ESTAR – NOITE.
Tadeu e Tereza estão sentados bebendo uma cerveja quando a campainha toca.
TEREZA: Já deu tempo de a pizza chegar?
TADEU: Deve ser meu convidado!
TEREZA: Seu convidado? Quem você chamou?
TADEU abre a porta: Pode entrar.
MATHEUS cumprimenta Tereza: Boa noite moça.
TEREZA olha com irritação para Tadeu, mas disfarça: Obrigada pela moça. Boa noite!
MATHEUS: Fiquei na dúvida se era pra trazer minha prima, mas ela estava dormindo então deixei ela em casa.
TEREZA ri: Que bonitinha dormindo cedo.
TEREZA fazendo um gesto para Tadeu: Você pode vir comigo aqui na cozinha pegar uma cerveja para o…?
MATHEUS: Matheus.
TEREZA: Isso. Matheus.
MATHEUS: Mas não precisa, eu não estou muito afim de beber.
TEREZA ri: Mas você também não me ajuda a te ajudar né?
MATHEUS irritado: Você quer que eu vá embora? Pode falar! Não faço questão de ficar em lugares onde não sou bem vindo. Vim pois fui convidado e achei que estava de acordo!
TADEU: Vamos ficar em paz? Somos jovens adultos e não precisamos nos tratar como adolescentes no cio.
TEREZA ri: Credo Tadeu.
TADEU: Deem as mãos os dois para decretarmos paz nessa relação.
TEREZA fica olhando seriamente para Matheus: Sério?
TADEU forçando para não rir: Sim! Podem dar as mãos!
MATHEUS dá a mão para Tereza: Paz?
TEREZA aperta a mão de Matheus: Paz!
TADEU: Agora vamos sentar, beber e contemplar essa linda noite aguardando a pizza.
Os três se sentam e começam a conversar. Tereza e Matheus tentam disfarçar a tensão que existe entre os dois. CORTA PARA:
CENA 5 – INT. / APARTAMENTO DOS CORREA/QUARTO DE JULIANO – NOITE.
Juliano está deitado em sua cama quando começa a lembrar dos momentos com Caio.
JULIANO falando para si mesmo: Eu preciso tirar esse cara da cabeça!
Seu celular apita e é uma notificação do grindr.
38ATV: Pensando em você.
Juliano não responde. CORTA PARA:
CENA 6 – INT. / CASA DOS MOTTA/SALA DE JANTAR – NOITE.
Caio está no celular quando Nádia chama sua atenção.
NÁDIA: Eu preparei esse jantar especial pra você e você fica nesse celular.
CAIO: Desculpa meu amor.
NÁDIA: Você gostou da comida?
CAIO: Você sabe que eu amo quando cozinha pra mim.
NÁDIA se levanta e abraça Caio por trás: Você sabe o motivo disso tudo?
CAIO pensativo: Eu estou esquecendo alguma data especial? Se eu tiver, me perdoa… muita coisa na cabeça!
NÁDIA: Não amor, mas vai ser.
CAIO olha nos olhos de Nádia: Do que está falando?
NÁDIA: Você sabe que eu te amo mais que tudo né?
CAIO: Eu também amo você, mas você está me deixando aflito com esse suspense.
Nádia pega a mão de Caio e coloca em seu peito.
CAIO: Eu estou tão cansado meu amor, nem tomei banho ainda.
Nádia vai deslizando a mão dele para baixo e para na barriga.
NÁDIA: Tem um coraçãozinho batendo dentro dessa barriga.
CAIO emocionado e assustado: O que?
NÁDIA emocionada: Eu estou grávida!
Caio fica sem reação. CORTA PARA:
FIM DO CAPÍTULO 04

Nenhum comentário