depois daquela NOITE | capítulo 9


CENA 1 – INT. / MORRO/CASA DE MÁRCIO – DIA.
Manuela entra na casa de Márcio sem pedir e ele está sentado fumando um cigarro.
MÁRCIO irritado: Quem você pensa que é pra continuar entrando aqui assim?
MANUELA joga a mochila em cima de Márcio: O dinheiro que você pediu! Quer conferir?
MÁRCIO ri: O que você fez pra conseguir essa grana? Não me diga que usou desse corpinho…
MANUELA com cara de nojo: Você cala essa boca! E eu não devo mais nada pra você a partir de hoje. Então me esquece!
Manuela se vira para sair e dá de cara com Renato.
RENATO aliviado: Então você conseguiu?
MANUELA: Você teve alguma dúvida! E agora, quando você vai conseguir?
MÁRCIO: Do que você está falando?
MANUELA olha para Márcio: Conseguir se livrar de você.
MÁRCIO se levanta: Não é de hoje que você vem me tirando do sério, e eu acho que você está precisando de uma lição para aprender quem é que manda aqui.
MANUELA enfrenta Márcio: Eu não tenho medo de você!
MÁRCIO se aproxima de Manuela e a pega pelo braço: Deveria ter! Afinal, você tem o exemplo de seu namoradinho né? Deve estar queimando no inferno!
MANUELA dá um tapa em Márcio: Cala essa boca!
MÁRCIO empurra Manuela até a parede e pega a arma que está em sua calça, apontando para sua cabeça: Isso é um pedido para ir se encontrar com ele?
RENATO nervoso: Ela já te pagou mano, deixa ela ir embora.
MÁRCIO irritado: Porque eu a deixaria ir embora? Foi ela quem pediu isso!
RENATO: Por favor!
Márcio olha para Renato, mas mantém a arma apontada para a cabeça de Manuela. CORTA PARA:
CENA 2 – INT. / APARTAMENTO DE TEREZA/SALA DE ESTAR – DIA.
Tereza, Tadeu e Juliano estão conversando no sofá.
TADEU surpreso e irritado: Você que era totalmente contra eu sequer citar o nome dela e agora deu dinheiro a ela?
TEREZA: Eu tinha outra visão do que tinha acontecido. Você entende o que realmente rolou com a Manuela?
TADEU: Você é minha amiga!
TEREZA: E a Manuela era minha amiga também! E por muito tempo eu alimentei uma raiva achando que ela tinha deixado a gente.
TADEU grita: Mas ela deixou a gente!
TEREZA: Você acha que está onde pra falar dessa forma?
TADEU: O que deu em você pra mudar de opinião tão rápido?
TEREZA: Ela se apaixonou e se meteu com pessoas erradas, e essas pessoas mataram o namorado dela. Você entende a gravidade disso? Se eu não a ajudar, quem mais vai?
TADEU: Ela não pensou na gente antes dessa merda toda.
TEREZA: Eu não estou te reconhecendo!
TADEU chora: Eu estou cansado! E você como minha melhor amiga deveria entender.
TEREZA olha para Juliano que está com o pensamento longe: O que você acha disso tudo?
JULIANO: Oi?
TEREZA: Sério que você estava aqui e não ouviu nada do que a gente estava falando?
JULIANO: Não adianta você fazer o cara mau Tadeu, porque assim que a raiva passar você também vai ajudar a Manuela, e vai entender o que a Tereza está fazendo. Agora eu preciso ir!
TEREZA: Aonde você vai?
TADEU: Você está estranho!
JULIANO: Preciso ir resolver uns problemas.
TEREZA: Não sei que tanto problema você tem pra resolver. Mas me responde uma coisa, você vai ne festa hoje à noite?
JULIANO: Vou sim! Vocês vão?
TEREZA: Sim, estarei lá!
TADEU: Sim, combinei com o Matheus de ir.
TEREZA: Agora está de grude com esse Matheus pra cima e pra baixo.
JULIANO: Não te faz que eu bem sinto a tensão sexual que tem entre vocês.
Juliano nem deixa Tereza responder e sai.
TEREZA: Ele só pode ter enlouquecido!
Os dois continuam conversando. CORTA PARA:
CENA 3 – INT. / CASA DOS MOTTA/SALA DE ESTAR – DIA.
Nádia está sentada no sofá quando Caio pega as chaves do carro em cima da mesa e se direciona a porta.
NÁDIA: Você vai sair?
CAIO: Volto logo!
NÁDIA: Hoje é sábado! Vai dizer que vai na faculdade também?
CAIO: Desde quando você controla onde eu vou?
NÁDIA: Faz tempo que eu não controlo nada né? Não controlo nem minha vida quer ver a sua.
CAIO se aproxima de Nádia: Não fala isso! Eu sei que eu não estou sendo um bom marido, mas eu prometo que vou tentar mudar isso!
NÁDIA: Então em diga onde você vai!
CAIO: Eu vou ir pegar alguns documentos que deixei na faculdade.
NÁDIA ri: Claro que ia usar a faculdade. Tá certo!
CAIO dá um selinho em Nádia: Eu não demoro.
Caio sai e Nádia levanta rapidamente em seguida para ir atrás dele. CORTA PARA:
CENA 4 – INT. / MORRO/CASA DE MÁRCIO – DIA.
Márcio ainda está com a arma apontada para a cabeça de Manuela.
RENATO: Deixa-a ir embora por favor!
MÁRCIO abaixa a arma: Você tem muita sorte do meu irmão gostar de você, se não você não ia sair dessa casa com vida.
MANUELA: Eu…
RENATO a interrompe: Não fala nada! Só vai embora!
Manuela encara Mário e vai embora. Márcio acende outro cigarro e volta a sentar no sofá para contar o dinheiro.
MÁRCIO: Eu realmente não sei o que você vê nessa garota.
RENATO: Ela é uma pessoa boa.
MÁRCIO: Não existe pessoas boas. Aprenda isso!
Renato vai para o quarto. CORTA PARA:
CENA 5 – INT. / CASA DO MICROCRÉDITO – DIA.
Caroline está trabalhando quando seu celular toca.
CAROLINE: Oi Tereza, tudo bem? Aconteceu algo?
TEREZA: Não! É que eu vi uma postagem nas redes sobre uma vaga em aberto, e eu queria saber se já contrataram.
CAROLINE: Até agora não! Eles estão selecionando para fazer a entrevista! Vai dizer que resolveu entrar no mercado do consignado?
TEREZA ri: Não! É para a Manuela!
CAROLINE surpresa: O que? A Manuela?
TEREZA: É uma longa história! Eu te atualizo hoje na festa.
CAROLINE: Eu acho que vou acabar ficando por casa.
TEREZA: Como assim você não vai na festa?
CAROLINE: Eu não estou muito afim de ver o Leonardo, é tudo muito recente.
TEREZA: Vocês que lutem para manter uma boa convivência sabendo que somos todos amigos. Nada de respingar o fim do relacionamento de vocês na gente, porque era só o que me faltava.
CAROLINE: Não vai respingar, mas eu realmente não estou no clima de festa.
TEREZA: Certo! Se mudar de ideia, já sabe. Estou pensando em fazer um esquenta aqui antes, então se você for passa aqui.
CAROLINE: Pode deixar!
TEREZA: E me dá uma força aí. A Manuela precisa muito desse emprego, e quando eu falo que ela precisa é porque ela realmente precisa.
CAROLINE: Pode deixar que vou fazer o que puder! Beijos amiga!
TEREZA: Beijos!
Caroline desliga o celular. CORTA PARA:
CENA 6 – EXT. / PRAÇA – DIA.
Juliano está sentado em um banco quando Caio chega de carro e estaciona perto dele. Juliano vai até o carro e entra. Em seguida, Nádia estaciona seu carro um pouco afastado e observa de longe.
CAIO: O que você queria falar comigo de tão importante que não podia esperar?
JULIANO mostra um post de Nádia falando sobre gravidez: Você vai ser pai?
CAIO fica em silêncio por alguns segundos: Eu não queria…
JULIANO: Você não queria um filho ou você não queria que eu soubesse?
CAIO: Os dois. A verdade é que eu sempre me protegi…
JULIANO ri: Eu não acredito que eu ainda perco meu tempo com você depois de tudo. Você me faz ir contra todos os meus princípios e tudo o que eu abomino desde sempre.
CAIO: Vai dizer que não quer mais me ver? Vai querer se afastar de mim? Você não entende…
JULIANO: Eu não entendo o que? Que eu estou tendo um caso com um homem casado e que vai ser pai?
CAIO: Que você me ama! E eu te amo!
Nesse momento, Caio beija Juliano sem deixa-lo falar. De longe, Nádia chora muito ao ver a cena. CORTA PARA:
FIM DO CAPÍTULO 09

Nenhum comentário