depois daquela NOITE | capítulo 19



CENA 1 - EXT. / RUA - NOITE.

Ao som de "O Mundo é um Moinho - Ayrton Montarroyos", Matheus corre até sua mãe. Tony, um jovem de aproximadamente 26 anos, sai do carro nervoso. O homem parece estar se defendendo, mas apenas com a música de fundo, Matheus se mostra desesperado pedindo ajuda. Logo, uma multidão se aproxima e o trânsito para. CORTA PARA:

CENA 2 - INT. / APARTAMENTO DE TEREZA/SALA DE ESTAR - DIA.

Manuela entra no apartamento e Tereza está fazendo café.

TEREZA: Olha quem resolveu aparecer. Sabe que por um momento eu pensei que você tinha tomado um chá de sumiço como da outra vez?

MANUELA: Pensou que tinha se livrado de mim?

TEREZA: Por um momento. Mas eu ia ficar bem puta se tivesse caído no teu papo pela segunda vez.

MANUELA: Fica tranquila! Fui pra casa do Renato e acabei ficando sem bateria no celular, e o abençoado não tinha nenhum compatível com o meu.

TEREZA serve café para Manuela e entrega para ela: Toma um café. Eu vou dar um dez e ir tentar dormir.

MANUELA ri: A noite foi boa?

TEREZA: Para o Matheus sim. Dormiu como um bebê, enquanto eu fiquei com a perna dormente. Ele dormiu no sofá e nunca mais acordou.

MANUELA: Eita, já está nesse estágio?

TEREZA: O que você quer dizer com isso?

MANUELA: Que a coisa está ficando séria?

TEREZA: Não. Não viaja!

MANUELA: Nem vem querer negar que você está bem apaixonada por ele. 

TEREZA: Sim, mas não tem nada de sério aqui. Estamos ficando, e curtindo o momento. Nada mais que isso.

MANUELA: Estão sempre juntos, ele dorme aqui final de semana e isso é só estar ficando sem compromisso? Imagina quando for um compromisso de verdade.

TEREZA termina seu café em um único gole: Eu não sei se estou preparada para um relacionamento. Não sei se quero viver um relacionamento.

MANUELA: Você está feliz?

TEREZA: Sim.

MANUELA: É isso que importa.

Tereza fica pensativa. CORTA PARA:

CENA 3 - INT. / HOSPITAL - DIA.

Matheus está na recepção quando o médico vai até ele.

DOUTOR: Sua mãe está bem, mas vai precisar ficar em observação durante 24 horas. No acidente, acabou batendo a cabeça forte, e apesar de os exames não mostrarem nem uma alteração, ela vai precisar ficar aqui.

MATHEUS: Eu posso vê-la?

DOUTOR: Ela está bem e não é permitido acompanhante, mas nós avisamos o horário que ela vai ter alta. O seu celular está no cadastro, e lhe mantemos informado. Você pode ficar tranquilo!

MATHEUS: Mas eu não posso vê-la nem por dez minutos? Só pra confirmar que ela está bem mesmo?

DOUTOR: Você pode confiar na minha palavra. A gente te mantém informado!

Doutor volta para seus afazeres e Matheus vai embora. CORTA PARA:

CENA 4 - INT. / APARTAMENTO DOS CORREA/QUARTO DE JULIANO - DIA.

Juliano está deitado quando se despede de Renato pelo celular. Os dois estavam em uma chamada de vídeo que é encerrada assim que aparecem. Juliano se espreguiça e dá um sorriso. Em seguida, recebe uma mensagem de Caio.

CAIO: Você vai vir me ver hoje?

JULIANO responde: Só amanhã.

CAIO: Depois da aula?

JULIANO responde: Pelos corredores da faculdade. Precisamos parar de se ver.

CAIO: Até quando vai negar que me ama?

JULIANO responde: Até quando vai me encher o saco?

CAIO: Quando está aqui eu faço o contrário de encher o teu saco. 👿

JULIANO responde: Sério. Chega de me mandar mensagem.

CAIO: Um dia você quer e o outro me manda parar de te procurar.

JULIANO responde: Eu nunca disse que queria você pegando no meu pé.

CAIO: Então você quer vir aqui só quando bem entender?

JULIANO responde: Eu estou conhecendo outra pessoa e ele é diferente. 

Aparece que Caio está digitando, mas a mensagem nunca chega. Depois de alguns minutos, a resposta chega.

CAIO: Ok. 

Juliano se levanta, fecha a cortina e volta para a cama. CORTA PARA:

CENA 5 - INT. / HOTEL/QUARTO DE CAIO - DIA.

Ao som de "Motor - Pitty", Caio se levanta da cama e abre uma garrafa de whisky. Ele coloca em um copo e dá um golaço de uma vez, sem gelo. Ao ficar pensativo, lágrimas escorrem do seu rosto. CORTA PARA:

CENA 6 - INT. / HOSPITAL/QUARTO - DIA.

Cecília está deitada na cama quando o doutor entra.

CECÍLIA: Obrigado por não deixar ele entrar. Eu realmente não estava preparada para ver meu filho. Muito obrigado!

DOUTOR: Sem problemas, mas acho que a senhora deveria dar uma chance pra ele. Ele parecia bem triste com seu acidente.

CECÍLIA chora: O senhor tem filhos?

DOUTOR: Dois!

CECÍLIA: É bom para eles tomarem um susto para darem valor. 

DOUTOR: É verdade! E eu vim aqui vê-la e dizer que o rapaz do acidente está aqui querendo vê-la, mas se não quiser recebe-lo não tem problema. 

CECÍLIA: Ele pode entrar sim! Como eu falei, eu entrei na frente e devo ter dado o maior susto da vida dele. 

DOUTOR: Vou permitir a entrada. Qualquer coisa, pode estar chamando as enfermeiras.

CECÍLIA: Obrigado!

O doutor vai até a porta e Tony entra, e ele sai. Tony fecha a porta e fica de frente para Cecília. CORTA PARA:

CENA 7 - INT. / RESIDÊNCIA DA FAMÍLIA NUNES/QUARTO DE CAROLINE - DIA.

Caroline está deitado em sua cama enquanto mexe em seu celular. Ela passa por uma foto de Leonardo, seu ex, e acaba por ver uma postagem dele com uma nova namorada. Nesse momento, Flávia bate na porta e abre.

CAROLINE: O que quer?

FLÁVIA: Aconteceu algo?

CAROLINE: Você não viu o Leonardo com outra nas redes sociais? Até ontem dizia que me amava.

FLÁVIA: Eu falei pra você que ia perder, mas você não quis me ouvir.

CAROLINE: Qual é o motivo de você ser sempre assim? 

FLÁVIA: Verdadeira?

CAROLINE: Desnecessária. É por isso que o meu pai deixou você. 

FLÁVIA: O que eu te fiz pra você me fazer de seu saco de pancadas nessas últimas semanas? Está com muita raiva de si própria e de suas escolhas, e está procurando um alvo para não se enxergar? Você não vai ganhar nada com isso. Só está se auto destruindo. 

CAROLINE: Até ontem não saia do quarto por conta de macho e agora quer me ensinar como viver?

FLÁVIA: Até ontem, hoje estou bela e procurando minha felicidade sozinha. Enquanto parece que você está cada dia pior. Viu a diferença?

CAROLINE irritada: Some do meu quarto. Me deixa sozinha que eu não te chamei aqui! Sai!

FLÁVIA: Cuidado pra não ficar sozinha. 

CAROLINE grita: Sai!

Flávia fecha a porta e Caroline volta a olhar a foto e chorar de raiva. CORTA PARA:

CENA 8 - INT. / HOSPITAL - DIA.

Tony está de frente para Cecília quando ela joga o travesseiro da cama nele.

CECÍLIA apontando para seu próprio braço: Você está vendo esses machucados? Eu poderia ter me machucado de verdade!

TONY: Quem topou esse plano foi você. E pelo que o médico estava falando, deu certo! O garoto ficou com peninha da mãe e deve voltar como um cão arrependido amanhã quando você receber alta.

Tony sorri e beija Cecília.

CECÍLIA: Mas você não pode dar bobeira e ficar por aí. Você já pensou se ele volta antes do tempo?

TONY: Você acha que ele volta?

CECÍLIA: Sei lá. Ele tem o coração bom, e pode ser que volte. Até me surpreendi quando ele me tratou daquela forma e se impôs como homem. 

TONY: E será que ele vai liberar a grana?

CECÍLIA: Tenho quase certeza que sim. Um peso na consciência deve ter criado. Agora vaza! Hoje ficarei aqui, e amanhã a gente se vê.

Os dois se beijam. CORTA PARA:

CENA 9 - INT. / APARTAMENTO DE TEREZA/SALA DE ESTAR - NOITE. 

Tereza, arrumada, vai beber água e surpreende Manuela.

MANUELA: Vai sair?

TEREZA: Vai ter tipo um luau na praça e eu resolvi ir. A Caroline e o Juliano vão, e eu vou ir. 

MANUELA: O Matheus não vai?

TEREZA: Não sei. 

MANUELA: Você não avisou que vai?

TEREZA: Eu deveria se a gente não tem nada?

MANUELA: Não está mais aqui quem falou. 

TEREZA: Quer ir?

MANUELA: Melhor não, amanhã começo no trabalho. 

TEREZA: Verdade! Descansa bastante que amanhã começa uma nova fase pra você. Beijos!

Tereza sai. CORTA PARA:

CENA 10 - EXT. / PRAÇA - NOITE.

Com um violão, algumas pessoas cantarolam algumas músicas. Tereza chega com Juliano e Caroline. Os três se aproximam das pessoas que já estão ali, inclusive Mariana. 

MARIANA: Olha quem apareceu!

TEREZA: Tudo bem?

Mariana vai cumprimenta-la com um beijo, mas Tereza se afasta.

MARIANA estranhando: Aconteceu algo?

TEREZA disfarça e se senta: Não. 

MARIANA: Você nunca me nega um beijo. 

TEREZA: Eu só não estou afim. 

MARIANA estranhando: Entendi. E o que você está fazendo aqui Juliano?

JULIANO surpreso: Eu?

MARIANA: Sim. Sem meu primo. Ele não quis vir?

JULIANO: Ah, entendi! Não, nem falei com ele.

MARIANA: Estão ficando e você nem disse que ia sair?

JULIANO: Na verdade eu falei, mas não cheguei a convidar. Não temos nada muito sério.

MARIANA estranhando: Entendi...

Mariana se afasta. CORTA PARA:

CENA 11 - INT. / APARTAMENTO DE TEREZA/SALA DE ESTAR - NOITE.

Manuela está deitada no sofá assistindo filme quando apertam a campainha. 

MANUELA: Já vai!

Manuela abre a porta e dá de cara com Matheus. 

MATHEUS: A Tereza está?

MANUELA fica sem saber o que responder: É...

MATHEUS: Aconteceu algo?

MANUELA: Não. É que ela não está...

MATHEUS: Você sabe onde ela foi?

MANUELA: Acho que foi na praça com o Juliano e a Carol. 

MATHEUS: Tá bom então, obrigado! Boa noite!

MANUELA: Boa noite!

Manuela volta para o sofá. CORTA PARA:

CENA 12 - EXT. / PRAÇA - NOITE.

Todos estão bebendo e cantando. Mariana, sentada ao lado de Tereza, percebe Matheus se aproximando, e com isso pega na mão de Tereza.

TEREZA ri: O que você está fazendo?

MARIANA: Isso!

Mariana beija Tereza, e de longe, Matheus vê como se as duas estivessem de mãos dadas antes do ato. Beijando Tereza, Mariana abre os olhos e observa a reação de Matheus. CORTA PARA:

FIM DO CAPÍTULO 19

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.