Flor do Caribe serve como respiro em tempos difíceis


A internet torceu o nariz quando a reprise de Flor do Caribe foi anunciada, mas se não levarmos em conta outras opções queridas que poderiam ser reprisada, a trama protagonizada por Grazi Massafera não é de todo ruim.

Com uma história leve e solar, Walther Negrão entregou uma trama redonda com personagens carismáticos e um casal protagonista querido. Das últimas do autor, acredito que seja a melhor história em termos de desenvolvimento e direção. 

Destaco a atuação de Grazi Massafera, com a primeira personagem que realmente agradou grande parte da massa, e sua parceria com Henri Castelli deu muito certo. Daniela Escobar como Natália também agradou e teve grande destaque durante a trama, e seu romance com Juliano (Bruno Gissoni) ganhou a torcida do público.

A trama tem tudo o que um bom folhetim precisa, como um vilão bem definido e que inferniza a vida da maioria dos personagens, romances proibidos e uma trilha sonora com grandes nomes da música brasileira. Em tempos como esse, a trama pode até ser inédita para parte do público, e acredito que esse seja um dos motivos da escolha da emissora. 

Postar um comentário

0 Comentários