depois daquela NOITE | capítulo 23


CENA 1 - INT. / MORRO/NIGHT CLUB - NOITE.

Manuela se assusta ao ver Caroline e, no mesmo momento, para de fazer o que estava fazendo. Ela vai até Caroline.

MANUELA sem jeito: Não é nada do que você está pensando!

CAROLINE tenta disfarçar o choque: Relaxa! Eu vou te esperar na pista!

MANUELA: Eu já estava voltando para lá! Vamos!

Nesse momento, Márcio vai até elas.

MÁRCIO: Não vai me apresentar para a sua amiga?

MANUELA: Esse é o Márcio, meu...

MÁRCIO completa a frase: Namorado! Só falta oficializarmos de vez essa relação né meu amor?

CAROLINE: Prazer, Caroline! 

MÁRCIO faz um movimento em direção a um grupo de jovens que estão cheirando no canto do banheiro: E aí, você curte?

CAROLINE: Nunca...

MÁRCIO: Entendi!

Eles voltam para o camarote. CORTA PARA:

CENA 2 - EXT. / CACHOEIRA DA CIRENAICA - NOITE.

Todos já estão meio bêbados quando Juliano nota Renato distante. Ele se aproxima do garoto e o dá um susto de leve.

JULIANO: Está tão distante. Não está gostando da viagem?

RENATO sorri: Claro que estou! Só estou meio tonto já, então é melhor dar um tempo na bebida!

JULIANO acaricia os ombros de Renato: Parar pra que? 

RENATO: Tá querendo me embebedar?

JULIANO sorri: Jamais!

RENATO: Você já parou pra pensar que a gente se conheceu super por acaso e agora estamos aqui fazendo uma viagem juntos? Estranho né?

JULIANO: Estranho não. Eu acredito que ninguém entra na nossa vida por mero acaso. 

RENATO: A gente vem de realidades tão diferentes.

JULIANO: Isso eu não posso te confirmar já que você nunca fala da sua vida.

RENATO: Você não vai querer saber...

Os dois continuam conversando. CORTA PARA:

CENA 3 - EXT. / MORRO/RUA/FRENTE DO NIGHT CLUB - NOITE.

Nádia estaciona o carro na frente do clube e as duas se olham.

FLÁVIA: Onde fomos parar?

NÁDIA: Eles falam muito desse lugar, e confesso que estar onde eu sei que não vou encontrar ninguém conhecido também ajuda.

FLÁVIA: Então já que estamos aqui, vamos entrar logo?

As duas colocam o carro no estacionamento e vão em direção ao clube. CORTA PARA:

CENA 4 - EXT. / CACHOEIRA DA CIRENAICA - NOITE.

Matheus está sentado observando Tereza conversando com o Felipe quando Tadeu chega e se senta ao lado dele.

TADEU oferece um gole da sua bebida para Matheus: Você nem está disfarçando!

MATHEUS aceita a bebida e não esconde a sua irritação: Do que você está falando?

TADEU: Você quer mesmo que eu fale?

MATHEUS: Ela está fazendo de proposito para me irritar!

TADEU: Desencana! Vocês não terminaram? Ela não está fazendo nada demais. 

MATHEUS: Eu vou ir dormir. Pra mim já deu essa palhaçada!

TADEU: Confessa pra mim que veio na intenção de reatar o namoro com ela. 

MATHEUS: Eu gosto dessa danada, e também não gosto de ficar perdendo tempo. Mas o que eu vejo é alguém indiferente. Olha lá, aquilo é cara de quem está sofrendo por ter terminado um relacionamento?

TADEU: Vocês ficam um chateando o outro ao invés de sentarem e conversarem. Por qual motivo você está falando essas coisas pra mim ao invés de falar pra ela?

MATHEUS: Eu perdi a vontade de tentar qualquer coisa. 

Matheus se levanta e vai para a barraca. CORTA PARA:

CENA 5 - INT. / MORRO/NIGHT CLUB - NOITE.

Todos estão no camarote quando Catarina reaparece bebendo e dançando. De longe, Manuela a encara e se aproxima. 

MANUELA: Como você tem a cara de pau de voltar aqui?

CATARINA: Do que você está falando?

MANUELA: Foi você quem mandou a Caroline no banheiro né?

CATARINA: Agora tudo o que acontece é culpa minha? Tá usando muita droga, está ficando com mania de perseguição.

Manuela levanta a mão para dar em Catarina, mas ela a impede. 

CATARINA: Você pensa muito antes de fazer qualquer coisa!

MANUELA: Você ainda vai conseguir me tirar a paciência.

CATARINA: E você ainda vai conseguir destruir a vida do seu amiguinho. 

MÁRCIO: O que está conseguindo aqui?

MANUELA: Nada não meu amor, vamos sair daqui!

Manuela tira Márcio de perto da Catarina e começa a dançar novamente com Caroline. 

MANUELA: Está curtindo?

CAROLINE: Muito!

As duas continuam dançando. Márcio fala algo no ouvido de Manuela e sai para o banheiro.

CAROLINE: Você quer ir com ele, pode ir. Não deixa de fazer nada por eu estar aqui!

MANUELA: Isso não sai daqui!

CAROLINE: Fica tranquila!

Manuela vai atrás de Marcio. Nesse momento, Caroline olha para a entrada do clube e vê Flávia e Nádia chegando. Caroline, na mesma hora, sai em direção a elas.

CAROLINE com ódio: O que você pensa que está fazendo aqui?

Flávia se assusta com a presença da filha. CORTA PARA:

CENA 6 - EXT. / CACHOEIRA DA CIRENAICA - NOITE.

Na cachoeira, Renato toma banho enquanto Juliano fuma um cigarro em cima da pedra. Renato sai da água e se senta ao lado de Juliano.

RENATO: Confesso que estou com saudade de uma água quentinha!

JULIANO ri: Muito gelada?

RENATO: Muito!

JULIANO pega uma toalha: Posso?

RENATO: Claro!

Juliano enrola Renato na toalha e o abraça.

JULIANO: Quer um cigarro?

RENATO: Sim.

Os dois só ficam ali fumando em silêncio por um tempo. A música "Someone You Loved - Lewis Capaldi" começa a tocar.

JULIANO: Lembra daquela festa em que a gente se conheceu?

RENATO: Eu sozinho e você querendo me carregar pra uma casa abandonada? Claro que lembro!

JULIANO: Como se você fosse inocente né? Demorou mas eu lembrei de onde eu te conheci a primeira vez. Ou você nunca ouviu falar no grindr?

RENATO: Eu nunca falei que sou inocente, mas eu sempre quis acreditar que nunca me apaixonaria por alguém de verdade. Eu sempre quis que tudo fosse apenas tesão, sabia que se tivesse sentimento envolvido eu estaria metido em uma enrascada. 

JULIANO: E você acha que está apaixonado por alguém?

RENATO: Não torna isso uma cena de série adolescente clichê. Você não sabe de nada...

JULIANO segura a mão de Renato: Então me conta. Me conta e tu vai saber o que eu penso sobre. Tudo o que eu vivi até agora foram experiências incríveis ao lado de pessoas que eu nunca quis conhecer a fundo, mas contigo é diferente. Então sim, eu quero saber de onde vem e o que é isso que você tem tanto medo de falar.

Renato encara Juliano. CORTA PARA:

FIM DO CAPÍTULO 23


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.