Header Ads Widget

header ads

'Lover', como a própria Swift diz, é uma carta de amor para o amor em si


Após um álbum denso como Reputation, Taylor Swift voltou com um álbum bem diferente, mas ainda assim, sendo tão verdadeira quanto nos trabalhos anteriores.

Lover começa com "I Forgot That You Existed", uma faixa leve e divertida. A interpretação da cantora também deixa essa impressão, aliás, desde que lançou 'ME!', a impressão é de que esse álbum foi feito para ela se divertir e falar sobre o que ela acredita ser o sentimento mais genuíno que existe: o amor.

Com letras apaixonantes que lembram a pegada do Red, um dos seus melhores trabalhos, e uma produção que mistura elementos do 1989 e do ReputationTaylor Swift conseguiu fazer um álbum que deve agradar o público que lhe acompanha desde o início, e aqueles que chegaram recentemente.

Um dos destaques do álbum, por exemplo, é 'Paper Rings', um pop gostosinho que tem cara de single, por tanto, deve ser a injustiçada do álbum se a gente for julgar pelos três primeiros. Enquanto 'Afterglow' é uma balada tão linda quanto 'Lover', faixa título do álbum.

Lover é um álbum romântico e pop que nos mostra uma Taylor Swift radiante, cantando sobre temas importantes e, principalmente, sobre aquilo que ela sempre amou cantar: o amor. Assim como ela falou no prólogo do álbum, "'Lover' é uma carta de amor para o amor em si - todos os seus aspectos cativantes, fascinantes, enlouquecedores, devastadoramente vermelhos, azuis, dourados..."


Postar um comentário

0 Comentários