"Eu te amei em outra vida", livro de David Arnold, não é o que diz ser

O título me conquistou, e por isso resolvi comprar e ler o livro que fala sobre um amor de outras vidas. Por tanto, cheguei na metade do livro e não é bem isso que temos até aqui. 

Até o momento, conhecemos os dramas familiares de Evan e Shosh, e isso poderia ser muito rico para o leitor se não se tornasse cansativo em algum momento. Falando sobre o meu gosto, eu tenho tesão em livros em que eu começo a ler e perco a hora, mas aqui eu fico ansioso para o fim do capítulo para retornar em outro momento. 

Já foram mais de 150 páginas, e até o momento os protagonistas nem se conheceram. A música invisível que escutam aparece em alguns momentos e só. Os capítulos que nos narram o que houve em outras vidas, em alguns momentos são confusos e rápidos. 

Com a sinopse e a capa, esperei algo diferente do que estou lendo, e talvez por isso a decepção. Irei terminar, mas em um outro momento... por agora, estarei embarcando em outra aventura que não essa.

Status: Leitura pausada.

Postar um comentário

0 Comentários