Header Ads Widget

header ads

Atores, enredo e direção são alguns dos fatores que nos fazem ter vontade de acompanhar "Amor à Vida"



Nessa segunda tivemos a estreia de "Amor à Vida" a novela que marca a estreia de Walcyr Carrasco no horário nobre. Em três capítulos, o autor mostrou que não está pra brincadeira. No primeiro temos o grande drama da protagonista, Paloma, Walcyr soube ali mostrar o que a trama nos reserva durante esses 8 meses que ficará no ar, muito drama e muita ação, já que ritmo é o que não faltou nesses poucos capítulos que mostrou muito e não teve nenhum tipo de marasmo.

Destaque para Paolla Oliveira, que simplesmente carregou o primeiro capítulo, junto com Mateus Solano, esse já mostra a que veio desde a primeira cena. O primeiro antagonista homossexual chegou causando e promete muitas maldades, superando muitos vilões consagrados. O ator está ótimo, e carregando um personagem complexo nas mãos, Mateus comprova mais uma vez o seu talento. Suzana Vieira de volta a telinha faz nós matarmos a saudade com a poderosa Pillar, que tem tudo para ser um dos grandes destaques da trama, Suzana desde "Senhora do Destino" não tem uma personagem a altura, e ela merece. Bárbara Paz é outra que desde que apareceu na telinha, ainda no SBT, não para de crescer. Na cena de hoje, quando descobre o caso do marido com outro homem, ela arrasou. Mesmo não precisando falar nada, a dor e a decepção foram visíveis só pelos olhos da atriz. Juliano Cazarré soou boa parte do primeiro capítulo falso, mas na cena em que é preso no aeroporto deu um show de interpretação, apagando a má imagem que passou nas primeiras cenas.

Enfim, a trama teve seus erros mais nada que pudesse prejudicar os 3 maravilhosos capítulos que foram ao ar desde sua estreia. Walcyr Carrasco chegou ao horário nobre para calar a boca de muitos.

Postar um comentário

0 Comentários