Header Ads

Trama envolvente, atores em sintonia e roteiro bem elaborado definem Flor do Caribe, um novelão

 


Antes de estrear, Flor do Caribe era dita por muitos que seria a novela mais fraca dessa nova safra de novelas, que terá Walcyr Carrasco no horário nobre e tem Maria Adelaide Amaral no horário das 19h. A primeira semana da trama realmente deixou a desejar, mas parece que a partir do sexto capítulo a trama entrou num ritmo que até agora não parou, e se restavam dúvidas, agora não se tem mais, Flor do Caribe é a melhor novela de Walther Negrão em muito tempo - e também a melhor no ar atualmente.

Além da trama central muito bem elaborada, os atores estão ótimos. Grazi Massafera está de parabéns e se supera a cada capítulo, deu um tom totalmente natural para Ester, e Henri Castelli está muito bem como o mocinho Cassiano, agora eu confesso que acho meio artificial o tom que Igor Rickli deu para seu personagem que tem tanto peso na trama, formando assim o trio protagonista. Que ele é novo na televisão, sabemos, mas ele ainda mostra sua insegurança em cena, nada que o tempo não resolva.

Agora tem os outros núcleos que assim como o principal são ótimos, Bruno Gissoni como Juliano e Daniela Escobar como Natália formam um dos melhores casais da trama, ambos têm uma sintonia perfeita em cena, sem contar que, para terminar, temos Maria Joana como Carol e Tainá Muller como Ludmila, ambas fazem as filhas da bióloga e são irmãs totalmente diferentes.

Outra personagem que conquistou o público desde o início, mesmo tendo uns capítulos sem aparecer é Amaralina, interpretada por Stephanie Britto, que está arrasando na pele da destrambelhada amiga de Cassiano e Duque, que por sinal, falando nele, é outro destaque da novela. Além do personagem ser ótimo, Jean Pierre Noher tem uma química incrível com Henri Castelli.

E mudando um pouco de assunto, além da novela ser ótima, outra coisa que é destaque é sua trilha sonora, que por sinal já tenho. Grandes músicas da MPB compõe a trilha, que ao todo tem 18 faixas. Artistas como Maria Gadú, Ana Carolina, Marcelo Jeneci, Tânia Mara, Luiza Possi estão presentes na trilha nacional.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.