'GRACINHA' é o resultado de uma Manu Gavassi mais livre do que nunca

by - novembro 12, 2021


GRACINHA é o novo álbum de Manu Gavassi e deve soar estranho para muitos em uma primeira ouvida. Com um pop melancólico chique, o novo trabalho chega para marcar uma nova fase da carreira da artista que se mostra mais livre do que nunca. 

Com nove faixas, o quarto álbum de estúdio vem com uma proposta completamente diferente dos trabalhos anteriores. Talvez por todo o crescimento pessoal que Manu teve nesses últimos anos, ela se desprende de qualquer expectativa do público e lança seu projeto mais ousado e diferente. 

Ser ousado e diferente não tira o mérito de grandes projetos que a artista lançou anteriormente, como os dois últimos EPs, que é como se fossem os irmãos mais novos desse álbum e fizeram parte do caminho até aqui. Hoje faz todo o sentido Eu nunca fui tão sozinha assim ter sido lançada primeiro, já que ele traduz muito bem o álbum e as emoções que Manu sentiu no processo - como evidencia em outras faixas.

O pop alternativo de Bossa Nova e sua letra debochada, são características muito fortes desse álbum, e a faixa é um dos pontos altos do projeto, e a produção caprichada de Lucas Silveira faz a experiência ser ainda mais incrível. Quem não entendeu a referência da letra que diz "Você se leva a sério demais"? A frase foi dita por Tiago em um dos discursos para a artista em sua passagem pelo BBB, sem contar em outras frases como em "Não sei cantar, mas faço disso um compromisso/ Misturo tudo que você não gosta/ Não leve a mal/ Quando eu morrer quem sabe eu viro genial...", uma certa forma de colocar suas inseguranças em música, e também uma resposta aos haters, que adoram atacar o trabalho alheio na internet sem muito fundamento. Diferente de Bossa Nova, GRACINHA, título do álbum, volta ao pop melancólico, mas com um discurso muito forte e intenso também, e a participação de Tim Bernardes e Amaro Freitas também fazem toda a diferença. 

Gracinha não é o que muitos esperavam, mas pode se dizer que é um dos trabalhos mais inspirados e coerentes de Manu, que é muito mais perspicaz e original quando ouve seu coração e canta sua verdade.

NOTA: 4/5 

Postagens Semelhantes

0 Comments