19 anos do terceiro - e ótimo - álbum de Wanessa Camargo

Parece que foi ontem, mas fazem 19 anos que escutamos Wanessa Camargo cantando Sem Querer pela primeira vez. Sim, o terceiro álbum da cantora que contava com esse hino no setlist completa 19 anos de idade hoje, 5 de dezembro. 

O álbum autointitulado fez parte de uma trilogia, e hoje, acredito ser um dos trabalhos mais coesos da discografia da artista. Nesse projeto conseguimos ver os dois lados de Wanessa, o romântico e o pop, que andam juntos em um projeto que só melhora com o passar dos anos, e nos faz sentir uma nostalgia boa de uma época não tão distante, mas bem diferente de hoje. 

Como Dizer Ao Coração é a primeira faixa, e é sucedida por Um Dia... Meu Primeiro Amor, o primeiro single, lançado antes do lançamento oficial do álbum. Aqui Wanessa ainda cantava sobre a inocência do primeiro amor. O álbum é composto por 14 faixas, e em sua primeira metade é quase uma música romântica seguida de uma mais agitada, enquanto em sua segunda metade, as faixas acabam indo para a linha mais romântica - e algumas delas compostas pela própria Wanessa com parceiros. 

É um álbum que fala muito bem com as duas vertentes da carreira da artista, o romântico e o pop, e que no final, funcionam muito bem e entregam um projeto muito coeso e completo. Saudade que fala né?

Postar um comentário