Header Ads

'Emily em Paris' perde um pouco do seu charme em sua segunda temporada


Fui um dos que amei a primeira temporada de Emily em Paris e esperei ansioso pela segunda temporada dessa série que foi uma grata surpresa em 2020. Pouco mais de um ano, a segunda temporada estreou, mas infelizmente bem diferente do que eu imaginava.

Enquanto a primeira focou na ida de Emily para Paris e toda a sua adaptação, a segunda foca em um triângulo amoroso que pouca gente gosta e a inclusão de mais um par romântico para a protagonista que se vira muito bem sozinha. 

Sim, eu até gostei de Gabriel e Emily na primeira temporada, e achei interessante a a química entre os personagens, mas o foco não era esse, enquanto na segunda temporada o foco da protagonista se resume em seu par romântico, e a forma como Alfie é introduzido na história também não me agradou muito. É tudo bem forçado e só serve para reforçar que Emily funciona bem melhor sozinha - e é isso que eu esperava nessa temporada. 

Eu até entendo ter conflitos referente a casos amorosos, até pelo fato de a primeira temporada ter terminado dessa forma, mas fazer uma temporada inteira sobre isso faz com que a série perca um pouco do seu brilho. Se renovada, eu espero que o futuro da série vá para um outro caminho e os roteiristas se toquem que nem tudo é sobre casal.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.